5 motivos que explicam porque você deveria estar fazendo a sua própria cerveja.

A sessão de bebidas do Supermercado costumava ser o lugar onde eu buscava paz. Enquanto as compras eram feitas pela minha esposa eu ficava ali, imerso na tranquilidade de garrafas planejando o próximo churrasco ou o que iria me acompanhar na próxima partida do Brasileirão. Mas de uns tempos pra cá a coisa ficou séria e o que antes eram prateleiras inocentes divididas por meia dúzia de marcas, agora são ilhas inundadas de informação e cultura engarrafada.

O crescimento do mercado das cervejas artesanais, ou Craft Beers, chega a mais de 30% ao ano e isso faz com que hoje tenhamos um volume de opções de cerveja na casa dos milhares. Isso não tem nada de ruim, muito pelo contrário, mas certamente nos força a entender cada vez mais sobre essa arte milenar que tem ocupado tanto espaço no dia-a-dia do brasileiro.

A questão é que são tantas variedades e rótulos hoje em dia que muita gente acaba se perdendo no meio desses nomes estranhos e acaba não entendendo o que bebe, ou mesmo do que gosta. Eu sou um deles e justamente por isso tomei uma medida mais radical: melhor do que adequar meu paladar a uma cerveja que existe, eu resolvi produzir a minha própria cerveja e aqui te dou 5 motivos que explicam porque você deveria estar fazendo o mesmo.

Cervejas artesanais no balcão

#1 Você pode ter uma Cerveja do seu jeito e com a sua personalidade.

O BEERSMITH É A UM GRANDE PARCEIRO DOS CERVEJEIROS NA HORA DE PLANEJAR A RECEITA.

O BEERSMITH É A UM GRANDE PARCEIRO DOS CERVEJEIROS NA HORA DE PLANEJAR A RECEITA.

Preparar a própria cerveja é uma jornada por um universo incrível de ingredientes. As possibilidades são tantas que certamente você conseguirá criar ou adaptar uma receita para que ela fique com a sua cara (e é justamente aí que você vai deixar a galera do futebol com inveja). O pessoal tem colocado de tudo nas receitas: de cascas de laranja e limão para aumentar as notas cítricas até cupulate - isso mesmo eu não escrevi errado - o chocolate feito a partir do Cupuaçu.

O céu é o limite quando a gente fala de ingredientes, o que faz do preparo de uma cerveja uma atividade única, onde o seu produto final dificilmente será igual ao de outro cervejeiro. Tudo começa com a escolha da receita. Um processo delicado cercado por decisões técnicas mas que não devem te assustar, já que estamos no século XXI e a tecnologia nos dá aquela mão por meio de softwares como o Beersmith, um programa criado especificamente para dar suporte ao cervejeiro. Receita na mão, é hora de comprar os ingredientes e começar a alquimia que no final do processo vai resultar na sua própria cerveja. Já imaginou degustar com seus amigos uma legítima Reginaldo Ale, ou uma Marcelo Weiss?

#2 É muito mais fácil do que você imagina.

As pessoas costumam se assustar por achar que preparar a própria cerveja é um processo industrial e que precisa de grandes aparatos, que só grandes fábricas possuem. Ledo engano. 

O home brewing clássico precisa de poucos equipamentos e é tudo muito mais simples e pouco “industrial” do que se imagina. Estamos falando de panelas, serpentinas e fogareiros que estão completamente ao seu alcance. Muitas lojas especializadas como a Bodebrown já vendem os kits prontos e em questão de dias você já pode começar a experimentar suas receitas. Que fique claro que preparar Miojo é bem mais simples e que você provavelmente erre na primeira tentativa, mas a cada nova produção você perceberá uma evolução clara. Ou escura, depende do malte que você escolher usar :)

Site da Bodebrown

A melhor notícia é que cursos estão disponíveis nas principais capitais e certamente vão ajudar você a dar esses primeiros passos. Cursos online também são uma ótima ferramenta e a Paso já está pronta pra te ensinar com os melhores professores.

Que fique claro que preparar Miojo é bem mais simples e que você provavelmente erre na primeira tentativa, mas a cada nova produção você perceberá uma evolução clara.

Dependerá só de você estudar e mergulhar nesse universo incrível que é o home brewing. 

#3 Você pode ser bom nisso e o hobby pode virar um negócio.

Vamos supor que sua primeira produção deu certo. Você chamou alguns amigos e a cerveja acabou rápido. Todos elogiaram e te deixaram todo orgulhoso. Na segunda produção a mesma coisa se repete com mais gente e você acaba elogiado até por alguns inimigos. 

Meu amigo, isso pode ser um sinal de que você é um bom cervejeiro e que mais gente pode estar interessada em beber a Reginaldo Ale (talvez com outro nome, claro). Nesse caso, vale pena gradativamente aumentar a produção, investir num envase mais profissional e porque não começar a distribuir nas lojas especializadas da sua cidade. Apenas tome cuidado, porque uma vez que sua cerveja vire negócio, beber o estoque fica terminantemente proibido.

#4 A comunidade é muito unida e vai te ajudar

O mestre cervejeiro samuel cavalcanti, um líder do movimento cervejeiro que você precisa conhecer.

O mestre cervejeiro samuel cavalcanti, um líder do movimento cervejeiro que você precisa conhecer.

    Os cervejeiros são uma comunidade muito unida. Quando tua cerveja fermentar demais, eles estarão lá. Quando ela ficar cheirando a chulé, eles estarão lá. E acima de tudo: quando for para tomar aquela cerveja que deu certo eles também estarão lá. 

O Mestre Cervejeiro Samuel Cavalcanti é um grande exemplo. Mais do que cervejeiro ou empresário, Samuel é um militante da causa cervejeira e como bom líder, faz o que é necessário para arrebanhar mais seguidores na missão de disseminar a arte do beber bem, ou ao menos, saber o que você está bebendo. Com esse espírito, Samuel já reuniu alguns milhares de pessoas em eventos promovidos na rua da sua cervejaria em Curitiba e hoje, sonha em transformar o bairro todo em um epicentro da cultura Craft Beer, uma Munique brasileira.

    É muito comum observar cervejeiros mais experientes ajudando os mais jovens nos primeiros passos, o que vai te dar segurança para seguir em frente. Tudo o que pode dar de errado contigo, já aconteceu com eles e esse apoio faz toda a diferença.

#5 Você vai ter um presente para todas as ocasiões

    Amigo Secretos e aniversários de colegas de trabalho nunca mais serão os mesmos agora que você faz sua própria cerveja. Pense que é uma maneira personalizada e econômica de presentear aquele que é próximo a você, mas nem tanto assim. Por isso mesmo, é melhor que a sua cerveja seja boa.

Então se prepare e embarque nessa jornada incrível pelo mundo das cervejas artesanais. Produzir sua própria cerveja e beber cada vez melhor nunca foi tão fácil. Depende apenas de você. Cheers!