Se você se perde na hora de escolher o tipo de cerveja artesanal, esse texto é pra você.

As prateleiras de cerveja artesanal estão cada vez maiores, o que é uma notícia ótima. O problema é que com o crescimento do espaço reservado para as craft beers, aumenta dificuldade na hora de escolher o melhor rótulo.

Afinal de contas, você tem certeza que sabe o que está bebendo?

Pensando nisso, hoje vamos falar sobre a diferença entre os tipos de cerveja no mundo, já que hoje, existem um zilhão nos opções pra você que entrou agora nesse mundão de possibilidades, que é o da cerveja artesanal. Começaremos explorando os tipos mais comuns, mas não esqueça que mesmo as variedades tradicionais tem seu encanto.

 você não faz ideia que cervejas são essas né? Tudo bem, a gente te ajuda.

você não faz ideia que cervejas são essas né? Tudo bem, a gente te ajuda.

Que tal começar falando das Lagers? As cervejas do tipo Lager são as mais consumidas no mundo, e no geral, extremamente fáceis de beber com sabores suaves e acessíveis a quase todo tipo de paladar. Elas apresentam baixa fermentação e uma graduação alcoólica média de 4%. Um exemplo clássico de Lager é a Pilsener, um estilo de cerveja criado na cidade de Pilsen. 

Elas apresentam baixa fermentação e uma graduação alcoólica média de 4%.

Pilsen fica na região de Boêmia na República Tcheca e garanto que você lembrou de uma marca bem famosa lendo esse trecho, certo? No Brasil esse tipo é chamado de Pilsen ou Pils, e todas essas nomenclaturas são perfeitamente aceitáveis. Além da Pilsener, você também vai encontrar alguns outros estilos bastante comuns entre as cervejas Lagers:

 A velha e boa pilsener alemã.

A velha e boa pilsener alemã.

# American Lager
# Helles
# Radler
# Dry Beer
# Malzbier
# Dark American Lager

Esses são apenas algumas das variedades de Lager e existem muitos outros que a gente faz questão de te apresentar em posts futuros.

Outro tipo de cerveja muito conhecido, são as Ales, uma das variedades mais importantes para a revolução da cerveja artesanal neste século. As Ales são as cervejas que possuem um processo de fabricação mais antigo, pré-lager, e a diferença básica é que elas são produzidas em temperaturas mais altas do que as lagers.

As Ales são as cervejas que possuem um processo de fabricação mais antigo, pré-lager, e a diferença básica é que elas são feitas em temperaturas mais altas do que as lagers.

Esse processo é o responsável pela riqueza de aromas, sabores e pela uma textura mais encorpada que deixa líquido das Ales mais espesso. Seus tipos também são muitos e podemos citar:

 A cerveja pale ale: como não ama-la?

A cerveja pale ale: como não ama-la?

# Saison
# Strong Ales
# Belgian Strong Ales
# Weissbier
# Stout
# Porter

Mas de todas as Ales, foi a Pale Ale que teve a mais rápida assimilação no Brasil. Da Pale Ale nasceram outros sub-estilos, dentre eles a APA (American Pale Ale) e a IPA (Indian Pale Ale), as mais difundidas entre as cervejarias e cervejeiros. APAs e IPAs são no geral Ales claras, com uma graduação alcoólica média de 6% e que geralmente apresentam sabor acentuado de lúpulo e baixo/médio amargor.

Nesse estilo vale citar um exemplo bastante famoso em terra brazilis, uma das IPAs mais celebradas no Brasil: a Stone/Bodebrown Cacau IPA. Uma IPA feita com Cacau de Ilhéus na Bahia, em uma colaboração entre as cervejarias Bodebrown de Curitiba e uma das maiores e mais importantes cervejarias americanas, a Stone Brewing. A Cacau IPA possui inúmeros prêmios nacionais e internacionais como, Ouro no Mondial de La Biere do Rio de Janeiro, Ouro no Festival Brasileiro da Cerveja de Blumenau, entre outros. Quer conhecer a Cacau IPA mais afundo? Confere essa maravilha no site da Bodebrown.

 a incrível cacau ipa: orgulho tupiniquim premiada internacionalmente.

a incrível cacau ipa: orgulho tupiniquim premiada internacionalmente.

A Cacau IPA da Bodebrown é um dos exemplos de sucesso das cervejarias artesanais brasileiras que estão ajudando a revolucionar a forma como bebemos cerveja. Hoje estima-se que temos mais de 300 cervejarias artesanais em nosso país, ou seja, muita gente fazendo boa cerveja, abocanhando prêmios mundo afora e conquistado o paladar das pessoas. Um hobby que para a maioria destes apaixonados passou de lazer para negócio. Negócio que gera muito prazer e enche de alegria a vida das pessoas. 

E você? Já pensou em fazer sua Lager? Em ter sua própria Pale Ale? Sim ou com certeza? Seja como for, vale a pena conferir o curso de Cerveja Caseira Paso Bodebrown, onde você aprende com um dos cervejeiros mais premiados do Brasil: o mestre cervejeiro e fundador da Cervejaria Bodebrown Samuel Cavalcanti como fazer sua própria cerveja por hobby ou até mesmo para montar um novo negócio.